pcmso | ppra | service-desk

GESTÃO SST INMETRA

PODCAST





Autor: Jordão M. Fábrega | Diretor CEO Inmetra | "Desafio do mundo é compartilhar conhecimentos!"

Podcast#2: | SAÚDE OCUPACIONAL




Relatório de Inconsistências do e-Social do Governo



Este relatório é gerado em formato de planilha, onde são listados os erros da base de dados do cliente SOC para cada tipo de leiaute e regra definida pelo eSOCial. Suas informações são geradas separadamente para cada leiaute, facilitando a identificação e correção das falhas.

Para gerar, acesse:

Menu > eSocial > Relatório de Inconsistências

Descrição dos campos

Aba Seleção

- Utilize os Filtros por "Empresa", "Unidade", "Setor" e "Período" para gerar o relatório
Observações:

1. Ao utilizar a opção -"Filtrar", será exibido um novo campo, onde será necessário digitar a informação desejada e clicar em "Enter", para a busca ser realizada.
2. Ao selecionar no campo "Empresa" a opção "Todas", que exibirá as inconsistências de todas as empresas cadastradas, o usuário deverá se atentar às seguintes regras:

3. Só será possível um relatório com data a partir de 18/07/2019.
4. Caso a Empresa Principal esteja gerando o relatório para todas as empresas clientes pela primeira vez após o dia 18/07/2019, o sistema irá gerar 2 pedidos de processamento, e um deles será o cálculo das inconsistências da base do período selecionado, que não criará arquivos apenas a situação ficará como "Aberto, Preparando, Executando, Concluído". O cálculo das inconsistências pode demorar até no máximo 2 horas.

5. Ao selecionar o evento S-2240, não será possível gerar o relatório para todas as unidades.

6. Ao selecionar o evento S-2240, o período selecionado não pode ultrapassar 30 dias.

7. O ícone "Recalcular inconsistências geradas", só estará disponível mediante à acesso ao parâmetro "Recalcular inconsistências eSocial" nos Acessos do Usuário.

8. Ao selecionar mais de um evento e/ou dados cadastrais para recalculcar as inconsistências, o sistema só irá calcular no dia seguinte. E, será apresentado o seguinte aviso:


Aba Layout eSocial
Selecione os eventos que deseja visualizar as inconsistências. Os layouts disponíveis são S-2210, S-2220, S-2230, S-2240 e S-2245.


Aba Dados Cadastrais
Selecione os programas que deseja visualizar as possíveis inconsistências, as informações serão apresentadas separadas por abas de acordo com os programas selecionados. As opções de seleção são: Curso, Exame, Funcionário, Pessoas, Riscos e Unidade.


Aba e-mail para envio
Inclua o e-mail de um responsável para receber uma cópia do relatório. 


Após preencher e selecionar as opções, clique em  - "Gerar Pedido de Processamento" para realizar a emissão do Relatório de Inconsistências.


Exemplo:

IMPORTANTE: As inconsistências apresentadas no Relatório serão as mesmas exibidas no Portal eSocial por meio do ícone "Inconsistências/Erros do Registro".

Exemplo:



Possíveis inconsistências:

S-2210

- O valor preenchido no campo "CNPJ da Unidade" é obrigatório na tela de Unidade.  

- O valor preenchido no campo "CPF da Unidade" é obrigatório na tela de Unidade.  

- O valor preenchido no campo "CNPJ da Unidade" é inválido na tela de Unidade.  

- O valor preenchido no campo "CPF da Unidade" é inválido na tela de Unidade.  

- O preenchimento do campo "CNPJ da empresa" é obrigatório na tela de Empresa.  

- O preenchimento do campo "CPF da empresa" é obrigatório na tela de Empresa.  

- O valor preenchido no campo "CNPJ da Empresa" é inválido na tela de Empresa.  

- O valor preenchido no campo "CPF da Empresa" é inválido na tela de Empresa.

- O preenchimento do campo CPF é obrigatório na tela de Funcionário.

- O valor preenchido no campo CPF do funcionário é inválido.

- O preenchimento do campo PIS é obrigatório na tela de Funcionário.

- O valor preenchido no campo PIS do funcionário é inválido.  

- O preenchimento do campo "data do Acidente" é obrigatório.  

- O valor preenchido no campo "data do Acidente" deve ser maior ou igual à data de Admissão do Funcionário.  

- O valor preenchido no campo "data do Acidente" deve ser menor ou igual à data de hoje.  

- O valor preenchido no campo "data do Acidente" deve ser maior que a data da obrigatoriedade do evento.  

- O valor preenchido no campo "data do Acidente"deve ser maior ou igual à data de Nascimento do Funcionário.  

- O preenchimento do campo "Tipo Acidente" é obrigatório.  

- O preenchimento do campo "Hora do Acidente" é obrigatório.  

- O preenchimento do campo "Após quantas horas de trab." é obrigatório.  

- O preenchimento do campo "Tipo de CAT" é obrigatório.  

- O valor preenchido no campo "Tipo de CAT" é inválido.  

- Quando há óbito o "Tipo de CAT" deve ser Comunicação de Óbito.  

- O preenchimento do campo "Óbito" é obrigatório.  

- O valor preenchido no campo "Código de Indicação de CAT de Óbito" é inválido.  

- O valor preenchido no campo "Óbito" deve estar checado ou marcado com "Sim".  

- O preenchimento do campo "data de Óbito" é obrigatório.  

- Campo "data de Óbito" não pode estar preenchido quando não houve óbito.  

- O valor preenchido no campo "data de Óbito" deve ser maior ou igual à data do Acidente.  

- O valor preenchido no campo "data de Óbito" deve ser menor ou igual à data de hoje.  

- O valor preenchido no campo "data de Óbito" deve ser maior ou igual à data de admissão do trabalhador.   

- O valor preenchido no campo "data de Óbito" deve ser maior que a data de nascimento.  

- O preenchimento do campo "Registro Policial" é obrigatório.  

- O valor preenchido no campo "Código de Informação de Comunicação à Autoridade Policial" é inválido.  

- O preenchimento do campo "Situação Geradora" é obrigatório.  

- O preenchimento do campo "Iniciativa CAT" é obrigatório.  

- O valor preenchido no campo "Código da Iniciativa CAT" é inválido.  

- O valor preenchido no campo "Observação" não pode conter mais de 999 caracteres.  

- O preenchimento do campo "Local do Acidente" é obrigatório.  

- O valor preenchido no campo "Local do Acidente" é inválido.  

- O valor preenchido no campo "Especificação do Local do Acidente" não pode conter mais de 255 caracteres

- O preenchimento do campo "Tipo do Logradouro" é obrigatório.  

- O preenchimento do campo "Endereço" é obrigatório.  

- O valor preenchido no campo "Endereço" não pode conter mais de 255 caracteres.  

- O preenchimento do campo "Número" é obrigatório.  

- O valor preenchido no campo "Complemento" não pode conter mais de 30 caracteres.  

- O valor preenchido no campo "Bairro" não pode conter mais de 60 caracteres.  

- Campo "CEP" não deve ser preenchido se "Tipo Logradouro" for "Estabelecimento do empregador no Exterior".

- Campo "CEP" não pode estar vazio quando "Tipo Logradouro" for "Estabelecimento do empregador no Brasil", "Estabelecimento de terceiros onde o empregador presta serviços", "Área rural".

- O valor preenchido no campo "CEP" deve conter 8 caracteres.  

- Campo "Código do Município" não deve ser preenchido quando o local do acidente for "Estabelecimento do empregador no Exterior".

- O preenchimento do campo "Código do Município" é obrigatório.  

- O valor preenchido no campo "Código do Município" não pode conter mais de 7 caracteres.  

- Campo "Código UF" não deve ser preenchido quando o local do acidente for "Estabelecimento do empregador no Exterior".

- O preenchimento do campo "Código UF" é obrigatório.            

- O valor preenchido no campo "Código UF" não pode conter mais de 2 caracteres.  

- O preenchimento do campo "Código do País" é obrigatório.            

- O preenchimento do campo "Código do Postal" é obrigatório.            

- O preenchimento do campo "Tipo de Inscrição" do Local do Acidente é obrigatório.  

- O preenchimento do campo "Número de Inscrição" do Local do Acidente é obrigatório.  

- O valor preenchido no campo "Número de Inscrição" do Local do Acidente não pode conter mais de 15 caracteres.  

- O preenchimento do campo "Parte(s) do corpo atingida(s)" é obrigatório.  

- Campo "Parte do Corpo atingida" deve ter uma lateralidade selecionada.  

- O preenchimento do campo "Lateralidade" é obrigatório.  

- O valor preenchido no campo "Lateralidade" é inválido.  

- O preenchimento do campo "Agente Causador" é obrigatório.  

- O preenchimento do campo "data Atendimento" é obrigatório quando algum campo do bloco "Atestado" estiver preenchido.  

- O preenchimento do campo "Hora Atendimento" é obrigatório quando algum campo do bloco "Atestado" estiver preenchido.  

- O preenchimento do campo "Internação" é obrigatório quando algum campo do bloco "Atestado" estiver preenchido.  

- O valor preenchido no campo "Internação" é inválido.  

- O preenchimento do campo "Duração Tratamento" é obrigatório quando algum campo do bloco "Atestado" estiver preenchido.  

- O preenchimento do campo "Afastamento Durante Tratamento" é obrigatório quando algum campo do bloco "Atestado" estiver preenchido.  

- O valor preenchido no campo "Afastamento Durante Tratamento" é inválido.  

- O preenchimento do campo "Descrição da Lesão" é obrigatório quando algum campo do bloco "Atestado" estiver preenchido

- O valor preenchido no campo "Descrição da Lesão" não pode conter mais de 9 caracteres.  

- O valor preenchido no campo "Descrição Complementar da Lesão" não pode conter mais de 200 caracteres.  

- O valor preenchido no campo "Diagnóstico Provável" não pode conter mais de 100 caracteres.  

- O preenchimento do campo "CID" é obrigatório quando algum campo do bloco "Atestado" estiver preenchido.  

- O valor preenchido no campo "Observação" não pode conter mais de 255 caracteres.  

- O preenchimento dos campos do Emitente do atestado é obrigatório.  

- O preenchimento do campo "Médico" é obrigatório quando algum campo do bloco "Atestado" estiver preenchido.

- O valor preenchido no campo "Sigla do Conselho de Classe" não pode ser diferente de CRM, CRP ou RMS.  

- O preenchimento do campo "Sigla Conselho de Classe" é obrigatório quando algum campo do bloco "Atestado" estiver preenchido.  

- Campo "Nº Inscrição Órgão de Classe" não pode ter mais de 14 caracteres.

- O preenchimento do campo "Nº Inscrição Órgão de Classe" é obrigatório quando algum campo do bloco "Atestado" estiver preenchido.  

- O preenchimento do campo "Número da CAT de Origem" é obrigatório quando "Tipo de CAT" for "Reabertura" ou "Comunicado de Óbito".  

- Quando o "Tipo de CAT" for Comunicação de Óbito deve haver óbito.

- Campo "Parte do Corpo atingida - Tabela 13" deve estar preenchido.
 

S-2220

- O valor preenchido no campo para o "Tipo" do Exame médico ocupacional é inválido.  

- O preenchimento do campo "data de Emissão do ASO" é obrigatório na tela de ASO.  

- O preenchimento do campo "data de Emissão do ASO" não pode ser maior que a data atual.

- O preenchimento do campo "data de Emissão do ASO" deve ser igual ou posterior a data de Obrigatoriedade do Evento.  

- O preenchimento do campo "Parecer do ASO" é obrigatório na tela de ASO.  

- O valor preenchido no campo Resultado do ASO é inválido.  

- O valor preenchido no campo "Exame selecionado" na tela de ASO é inválido.  

- O preenchimento do campo "data do Resultado de Exame" é obrigatório.  

- O valor preenchido no campo "data do Resultado de Exame" deve ser menor ou igual à data do ASO.  

- O preenchimento do campo "Código do Procedimento Diagnóstico Tabela 27" é obrigatório.  

- O valor preenchido no campo "Código do Procedimento Diagnóstico" é inválido.  

- O preenchimento do campo "Recomendação de Exames" não pode ter mais que 999 caracteres.  

- O preenchimento do campo "Inicial Sequencial" é obrigatório.  

- O valor preenchido no campo "Inicial Sequencial" é inválido para o campo Ordem do Exame.  

- O preenchimento do campo "Inicial Sequencial" somente um mesmo exame de ordem "Inicial" pode estar vinculado ao funcionário.

- O valor preenchido no campo "Resultado" é inválido para indicação dos Resultados.  

- O valor preenchido no campo "CPF" do médico é inválido.  

- O valor preenchido no campo "NIT(PISPASEP)" do Médico é inválido.  

- O preenchimento do campo nome do "Médico" é obrigatório.  

- O valor preenchido no campo nome do "Médico" emitente do ASO deve possuir no máximo 70 caracteres.  

- O preenchimento do campo "Conselho de Classe do Médico" é obrigatório.  

- O preenchimento do campo "Sigla da UF de expedição do CRM do Médico" é obrigatório.

- O valor preenchido do CPF do Médico responsável coordenador do PCMSO é inválido.  

- O preenchimento do campo "Nome do Médico responsável coordenador do PCMSO" é obrigatório.  

- O preenchimento do campo "Nome do Médico responsável coordenador do PCMSO" não pode ter mais que 70 caracteres.  

- O preenchimento do campo "Conselho de Classe do Médico responsável coordenador do PCMSO" é obrigatório.  

- O preenchimento do campou de expedição do CRM do Médico responsável coordenador do PCMSO" é obrigatório.

- O ASO não possui um responsável pelo PCMSO.  

- O ASO não possui médico.

 

S-2230

- O valor preenchido no campo "Ônus" da Remuneração do Mandato Sindical é inválido.  

- O preenchimento do campo "Ônus" da Remuneração do Mandato Sindical é obrigatório.  

- O preenchimento do campo "CNPJ" do Sindicato é obrigatório.  

- Informação do Mandato Sindical não deve ser preenchida.  

- O valor preenchido no campo "Ônus" da cessão requisição é inválido.  

- O preenchimento do campo "Ônus" da cessão requisição é obrigatório.  

- O preenchimento do campo "CNPJ" do órgão entidade para o qual o trabalhador foi cedido requisitado é obrigatório.  

- Informação da cessão ou requisição do trabalhador não deve ser preenchida.  

- O preenchimento do campo "Número do Conselho de Classe" do Médico Solicitante é obrigatório.  

- O valor preenchido no campo "Sigla do Conselho de Classe" do Médico Solicitante é inválido.  

- O preenchimento do campo "Sigla do Conselho de Classe" do Médico Solicitante é obrigatório.  

- O preenchimento do campo "Nome do Médico" ou "Solicitante" é obrigatório.  

- O preenchimento do campo "Origem Retificação" é obrigatório.  

- O valor preenchido no campo "Origem Retificação" é inválido.  

- Tipo do Processo não deve ser preenchido.  

- O valor preenchido no campo "Tipo do Processo" é inválido.  

- O preenchimento do campo "Número do Processo" é obrigatório, quando a origem da Retificação for 2 ou 3.  

- Número do Processo não deve ser preenchido.  

- O valor preenchido no campo "Número do Processo" é inválido.  

- O valor preenchido no campo "data Fim do Afastamento" não pode ser maior que a data atual acrescida de 15 dias corridos.  

- O valor preenchido no campo "data Fim do Afastamento" não pode ser maior que a data atual acrescida de 60 dias corridos no Motivo Férias.  

- O valor preenchido no campo "data Início do Afastamento" não pode ser maior que a Data Fim.  

- Informações do Emitente devem ser preenchidas.  

- O preenchimento do campo "Quantidade de Dias" do Afastamento é obrigatório.  

- Informações complementares relativas ao atestado médico são obrigatórias nos Motivo Licença (Tabela 18 eSocial) 1 Acidente Doença do Trabalho ou 3 Acidente Doença ou 35 Licença Maternidade Antecipação sou prorrogação mediante atestado médico.  

- O preenchimento do campo "CID eSocial" é obrigatório quando o campo Origem de Retificação for Iniciativa do Empregador ou estiver em branco, e quando o Motivo Licença (Tabela 18 eSocial) for 1 Acidente Doença do Trabalho.  

- O valor preenchido no campo "Observação" deve possuir no máximo 255 caracteres.  

- O preenchimento do campo "Observação" é obrigatório.  

- Informação do mesmo motivo anterior em 60 dias é obrigatório quando Motivo Licença (Tabela 18 eSocial) for 1 Acidente Doença do Trabalho ou 3 Acidente Doença.  

- Informação do mesmo motivo anterior em 60 dias não deve ser preenchido quando Motivo Licença (Tabela 18 eSocial) do afastamento não for 1 Acidente Doença do Trabalho ou 3 Acidente Doença.

- O preenchimento do campo "Motivo Licença (Tabela 18 eSocial)" é obrigatório.

- O valor preenchido no campo "data de Início do Afastamento" não pode ser maior que 60 dias quando motivo do afastamento for 15 Férias.

- O valor preenchido no campo "data de Início do Afastamento" não pode ser maior que a data atual.

- O preenchimento do campo "data de Início do Afastamento" é obrigatório.

- Erro ao executar relatório de inconsistências.

- O valor preenchido no campo "data de Início do Afastamento" deve ser igual ou posterior a data de Obrigatoriedade do Evento.

- O valor preenchido no campo "data Início do Afastamento" deve ser maior ou igual à data de Admissão do Funcionário.

- O preenchimento do campo "Tipo Acidente de trânsito" só poderá ser preenchido para o Motivo Licença 1 Acidente Doença do Trabalho ou 3 Acidente Doença não relacionada ao trabalho da Tabela 18.

- O preenchimento do campo "Nome do Médico Solicitante" é obrigatório quando o Motivo Licença (Tabela 18 eSocial) for 1 Acidente Doença do Trabalho

- O preenchimento do campo "Sigla do Conselho de Classe" do Médico Solicitante é obrigatório quando o Motivo Licença (Tabela 18 eSocial) for 1 Acidente Doença do Trabalho

- O preenchimento do campo "Número do Conselho de Classe" do Médico Solicitante é obrigatório quando o Motivo Licença (Tabela 18 eSocial) for 1 Acidente Doença do Trabalho

 

S-2240

- Data de Início da Condição não pode ser maior que a data atual;

- Campo Descrição das Atividades é obrigatório;

- Descrição das Atividades não pode ultrapassar 999 caracteres;

- Campo Fator do Risco (Tabela 23) é obrigatório;

- Campo Intensidade e Concentração é obrigatório se Tipo Avaliação for quantitativo;

- Campo Unidade de Medida é obrigatório se Tipo Avaliação for quantitativo;

- Campo Técnica de Medição é obrigatório se Tipo Avaliação for quantitativo;

- Campo Insalubridade é obrigatório;

- Campo Periculosidade é obrigatório;

- Campo Aposentadoria Especial é obrigatório;

- Campo Eficácia EPC é obrigatório se utiliza EPC for 2 (Implementa);

- Não foi encontrado nenhum EPI vinculado. EPI é obrigatório;

- Campo Descrição do EPI é obrigatório se CA do EPI não for informado;

- Campo Eficácia do EPI é obrigatório;

- Campo Medida Proteção é obrigatório;

- Campo Condições de Funcionamento é obrigatório;

- Campo Uso ininterrupto é obrigatório;

- Campo Prazo de Validade é obrigatório;

- Campo Periodicidade é obrigatório;

- Campo Higienização é obrigatório;

- Campo CPF do Responsável pelos Registros Ambientais é obrigatório;

- Campo sigla UF do Órgão de Classe do Responsável pelos Registros Ambientais é obrigatório;

- Campo NIS do Responsável pelos Registros Ambientais é obrigatório;

- Campo Órgão de Classe do Responsável pelos Registros Ambientais é obrigatório;

- Campo Número de Inscrição no Órgão de Classe do Responsável pelos Registros Ambientais é obrigatório.

 

S-2245

- O preenchimento do campo "Observação" do treinamento deve possuir no máximo 999 caracteres.

- O preenchimento do campo "Período" da Data de Início do Treinamento deve ser igual à data de admissão do vínculo.

- O preenchimento do campo "Período" da Data de Início do Treinamento deve ser maior ou igual à data de admissão do vínculo.

- O preenchimento do campo "Período" da Data de Início do Treinamento deve ser igual ou posterior a data de Obrigatoriedade do Evento.

- O Preenchimento do campo "Período" da Data de Início do Treinamento é obrigatório.

- O preenchimento do campo "Período" da Data de Início do Treinamento não pode ser maior que a data atual.

- O preenchimento do campo "Duração (em dias)" Duração do Treinamento é obrigatório caso o "Código do Treinamento (Tabela 29) for diferente de [1006 ou 1207 ou 3719]".  

- O preenchimento do campo "Modalidade de Treinamento" é obrigatório caso o "Código do Treinamento (Tabela 29) for diferente de [1006 ou 1207 ou 3719]"

- O valor preenchido no campo "Modalidade de Treinamento é inválido".  

- O preenchimento do campo "Tipo de Treinamento" é obrigatório caso o "Código do Treinamento (Tabela 29) for diferente de [1006 ou 1207 ou 3719".  

- O valor preenchido no campo "Tipo de Treinamento" é inválido.  

- não foram encontrados palestrantes na Turma.  

- CPF do Profissional responsável pelo treinamento é obrigatório se "Nacionalidade" for "Brasileiro".  

- CPF do Profissional responsável pelo treinamento não pode ser igual ao CPF do Trabalhador.  

- CPF do Profissional responsável pelo treinamento é inválido.  

- Nome do Profissional responsável pelo treinamento é obrigatório.  

- Nome do Profissional responsável pelo treinamento deve possuir no máximo 70 caracteres.  

- Tipo do Profissional responsável pelo treinamento é obrigatório.  

- Valor do Tipo do Profissional responsável pelo Treinamento é inválido.  

- Formação do Profissional responsável pelo treinamento é obrigatório.  

- Formação do Profissional responsável pelo treinamento deve possuir no máximo 255 caracteres.  

- Código da Classificação Brasileira de Ocupação CBO referente à formação do profissional é obrigatória.  

- Nacionalidade do responsável pelo treinamento é obrigatório.  

- Valor da Nacionalidade do responsável pelo Treinamento é inválido.  

- Necessário selecionar um Curso eSocial.  

- O Código de Treinamento selecionado está sendo utilizado em outro curso nessa empresa.  

 

IMPORTANTE: As inconsistências de registros com mais 60 dias, serão excluídas automaticamente pelo sistema, dessa forma:
Só serão listadas no relatório de inconsistências, em tela e no Portal eSocial, as inconsistências que possuírem menos de 60 dias, contados a partir da data de criação ou alteração do registro.
- As inconsistências dos dados cadastrais, ou seja, das telas de "Funcionário, Pessoas, Exames, Unidade e Curso", não serão excluídas. 
- Passado o período, se os registros forem alterados, as inconsistências voltarão a ser exibidas.


Interpretação de Retornos do e-Social do Governo


A tela de Interpretação de Retornos do eSocial listará as possíveis mensagens que o Ambiente Nacional do Governo poderá emitir referente aos lotes enviados. As mensagens de retorno podem indicar erros, como campos que devem ser preenchidos, ou até mesmo a conclusão do processamento.

Para acessá-la, navegue por:

Menu > eSocial > Interpretação de Retornos do eSocial

Nessa tela, é possível visualizar uma breve descrição das mensagens emitidas pelo eSocial, e ainda cadastrar uma resposta personalizada, para auxiliar nas ações e interpretação das mensagens.



Observação: A coluna "Resposta" exibirá o valor cadastrado no campo "Resposta Personalizada". Quando não houver resposta personalizada configurada, será exibida a "Resposta Padrão".

Para incluir uma Resposta Personalizada, clique no "Código" da mensagem, conforme a imagem:



Clique em  - "Alterar", e preencha o campo "Resposta Personalizada".

IMPORANTE: Somente o usuário Responsável (Administrador) poderá incluir respostas personalizadas. Os demais usuários não visualizarão o ícone de "Alterar".

Descrição dos campos:

Código: Exibe o código da mensagem gerada pelo eSocial.

Descrição: Exibe a mensagem gerada pelo eSocial.

Resposta Padrão: Exibe a interpretação da mensagem que foi gerada pelo eSocial.

Resposta Personalizada: Campo disponível para incluir descrições/ações.
Observação: Quando esse campo for preenchido, ele será exibido na coluna "Resposta", na tela de pesquisa.

Aba Criar respostas por layout do eSocial

Nesta aba, será possível criar uma resposta personalizada para cada layout do eSocial. Basta selecionar o evento na coluna "Layout eSocial".

Para preencher uma resposta personalizada para mais de um layout, utilize o ícone - "Incluir"

Preencha as informações e clique em  - "Gravar".


Após isso, utilizando o ícone  - "Excluir Resposta Personalizada", será possível remover a resposta que foi configurada.
Observação: Esse ícone só aparecerá para o usuário Responsável (Administrador).



Portal eSocial

Quando o eSocial retornar um erro nos registros do lote, a Resposta cadastrada será visualizado o ícone "Inconsistências/Erros do Registro", no botão de "Ações"

Visualização da tela:

Regras e Observações:

1. O campo "Ação" exibirá a "Resposta Personalizada" definida na tela de Interpretação de Retornos do eSocial. Quando não houver "Resposta Personalizada" configurada, será exibida a "Resposta Padrão".

2. Se não existir uma resposta preenchida para o leiaute, nas "Inconsistências/Erros do Registro" será visualizada a "Resposta Personalizada". Se não existir uma resposta para o leiaute, nem uma resposta personalizada, nas "Inconsistências/Erros do Registro" (Na tela do Portal eSocial) será visualizada a "Resposta Padrão".

Para mais detalhes, consulte o manual: Mensageria SOC.



Certificado Digital para eSocial (Assinatura Digital Automática)


As empresas que utilizarão a solução Mensageria SOC, poderão cadastrar o seu certificado digital do tipo A1, para que a assinatura seja realizada automaticamente pelo SOC.

Para cadastrar um Certificado Digital, acesse:

Menu > eSocial > Certificado Digital para eSocial

- Selecione o arquivo do certificado A1

- Insira a senha/pin 

- Clique em "Gravar"

Será apresentado o "Termo de Responsabilidade" leia com atenção.

Após realizar a leitura do termo, caso aceite as condições estabelecidas, clique no check correspondente para "Aceitar e Salvar"

Feito as configurações, o certificado digital será apresentado com a data de expiração, o nome do usuário que realizou o cadastro do certificado  no SOC e a data do aceite.

O ícone  - "Conceder certificado a outras Empresas", possibilitará selecionar as empresas que utilizarão do mesmo certificado digital para assinar os Registros no Portal eSocial.

Regras:

1. Só é possível cadastrar um certificado Digital por Empresa.

2. As empresas que já possuem ou herdam um Certificado Digital de outra empresa, não podem ser associadas.

3. As empresas que possuirem o certificado digital atraves de concessão, não irão visualizar o ícone de inclusão ou alteração.
Exemplo:



4. Uma Empresa Cliente só poderá conceder acesso a outras empresas, caso as mesmas possuam a mesma "raiz de CNPJ". Dessa forma, o quadro de "Empresas Disponíveis" exibirá apenas essas empresas.
Exemplo:

 

Como o SOC utilizará o certificado Digital que foi cadastrado?

Primeiramente, o SOC irá verificar se na tela de Parâmetros eSocial, o campo "Assina Arquivos Automaticamente" está marcado como "Sim".



Após a verificação, o certificado cadastrado ou concedido, deverá ser válido.

Com o cadastro da Periocidade da geração dos eventos, quando registro não possuir nenhuma inconsistência, o seu status já será gerado "Assinado".



Solução Mensageria SOC

A "Mensageria" é uma ferramenta que realiza o envio e recebimento de informações entre sistemas. Dessa forma, a Mensageria SOC enviará ao governo as informações referentes ao eSocial cadastradas no sistema, e também, retornará a resposta do eSocial referente aos registros dos lotes.

Conforme o fluxo das soluções no manual Introdução e Soluções SOC, separamos em passos as ações que devem ser realizadas para utilizar a Mensageria SOC.

Para utilizar o eSocial no SOC, são necessárias algumas configurações iniciais, para isso, consulte o manual: Primeiras Configurações

Passo 1 - Criar "Tipos de SOCGED" referentes a cada leiaute.
Passo 2 - Cadastrar o Certificado Digital no SOC.
Passo 3 -  Parametrizar campos do eSocial e a utilização da Mensageria eSocial
Passo 4 -  Configurar a periodicidade dos lotes na tela de Parâmetros eSocial.


Configurar periodicidade dos lotes no Portal eSocial

Será possível agendar os arquivos para o processamento, dessa forma os arquivos serão gerados automaticamente conforme configurado. 

Observações: O Portal eSocial também criará automaticamente os lotes que tiverem sido retificados.

Ainda na tela de Parâmetros eSocial

Menu > eSocial > Parâmetros eSocial 

Acesse a aba "Geração Automática"

- Clique em "Novo Agendamento"



Realize a configuração necessária para cada layout agendado.


Observação: Para consultar a descrição dos campos, acesse o manual: Parâmetros eSocial
 

Após configurada a periodicidade, os lotes serão gerados automaticamente de acordo com a data configurada, para que os lotes sejam enviados ao governo, será necessário realizar a Assinatura Digital dos arquivos, para isso acesse:

Menu > eSocial > Portal eSocial

- Selecione o Layout desejado clicando na sua descrição.


Observação: Para entender como funciona o Portal eSocial do SOC, acesse: Portal eSocial

Será exibida a seguinte tela:


Observação: A faixa vermelha "Modo Pré-Produção", indica que o usuário está utilizando um ambiente de testes, o envio de lotes para a plataforma do Governo será realizado no ambiente de homologação. Para utilizar o ambiente de "Produção", clique em "Sair em Pré-Produção".

 

Assinar Digitalmente os Arquivos

A assinatura poderá ser realizada de duas maneiras:

1-Assinatura Digital Automatizada

Utilizando essa ferramenta, no momento que os arquivos forem gerados no Portal e Social, os mesmos já serão assinados automáticamente.
Para que isso aconteça, será necessário habilitar o parâmetro "Assina arquivos automaticamente", na tela de "Parâmetros eSocial", e realizar o cadastro do Certificado Digital no SOC.
Saiba como realizar essa configuração acessando o manual: Certificado Digital para eSocial (Assinatura Automática)

 

2-Assinatura Digital Manual

A assinatura manual pode ser realizada por meio do ícone "Assinatura Digital em Massa", ou, dentro da janela de "Registro do Lote" clicando no link "Sim" da coluna "Assinatura Pendente".

Para este exemplo utilizaremos a ferramenta de Assinatura Digital em Massa.


Clique em  - "Assinatura Digital em Massa".



Na tela a seguir, realize a configuração desejada:



Unidade: Selecione a unidade referente aos lotes criados que serão assinados.

Data Criação: Selecione o período de criação dos lotes que deseja assinar.
Observação: A data final deverá ser igual ou menor que a data atual, evitando assim, a assinatura de lotes futuros.

Em seguida, clique em  - "Procurar".

Serão listados os registros criados de acordo com os filtros realizados.
Observação: Serão exibidos 100 registros por página, para acessar os demais registros, acesse as páginas seguintes, clicando no número da página no rodapé.


- Selecione os itens que deseja assinar, ou clique em "Selecionar Todos" para que todos os registros listados na página sejam selecionados.

- Clique em  - "Assinatura Digital em Massa". 

1- "Selecione o Certificado Digital" que realizará a assinatura.

2- Clique em "Iniciar Assinatura". 


De acordo com a configuração realizada, será necessário insirir o PIN referente ao Certificado Digital.

- Quando todos os passos estiverem sinalizados na cor verde, indica que os registros foram assinados com sucesso, sendo assim, clique em "Finalizar".

Ao acessar os "Detalhes do Lote", os status dos "Registros do Lote" mudarão para "Assinado", indicando que os registros foram assinados digitalmente.

Depois de "Assinado" o status mudará para "Apto para envio", indicando que a partir de agora, a mensageria pode realizar o envio dessas informações ao eSocial.


Observação: A Mensageria do SOC irá rodar a cada 30 minutos, transmitindo apenas os lotes que estão assinados digitalmente.

Após o envio dos arquivos ao governo via mensageria, os status dos registros do lote serão alterados para "Processando", indicando que as informações já foram recebidas pelo eSocial e estão sendo processadas pelo seu servidor.



Realizado o processamento pelo governo, a Mensageria SOC retornará com a resposta do eSocial, alterando o status para:
- "Concluído": quando estiverem válidos para o governo será incluído também, o "Número do Recibo eSocial"; e
- "Erro": quando houver alguma inconsistência encontrada pelo governo. 


Quando o status retornar com "Erro", será possível realizar as seguintes ações:

Identificar "Inconsistências/Erros do Registro: Essa ação permite que o usuário identifique a inconsistência encontrada e informada pelo eSocial, podendo assim corrigi-lá para realizar um novo envio.

- Para identificar o "Erro" informado, clique em  - "Ações" e em -"Inconsistências/Erros do Registro".



O campo "Retorno eSocial" informará a inconsistência encontrada pelo Governo.



- O campo "Ação" exibirá a mensagem personalizada pelo usuário para auxiliar na correção das inconsistências. Caso o usuário não realize a personalização, será exibida a interpretação realizada pelo SOC.
Para saber como incluir essa mensagem personalizada, acesse o manual: 
Interpretação de Retornos do eSocial

- Realize a correção necessária no sistema. 

Editar Inconsistências XML: Clicando nesta função, será possível realizar as correções das informações que estiverem incorretas ou sem preenchimento, diretamente pelo registro gerado.

Para mais informações, consulte o manual: Editor de inconsistências do XML


Acessar registro: Ao clicar neste ícone o usuário será direcionado à tela do registro em questão.
Observação: Não será possível realizar a exclusão de um registro (ASO, CAT, Licença Médica) se o mesmo estiver vinculado a um lote no Portal eSocial.


Reprocessar: Após realizar a correção necessária no registro, será necessário reprocessá-lo para que o sistema gere um novo arquivo xml com as informações corrigidas.

- Retorne à tela do Portal eSocial em  - "Ações", utilize uma das opções de "Reprocessar".

Reprocessar: Utilizando essa opção, o registro será processado novamente, disponibilizando um novo arquivo XML atualizado. A rotina de reprocessamento roda a cada 10 minutos no SOC.
Reprocessar e Enviar por E-mail": O arquivo será reprocessado e enviado para os e-mails cadastrados no Perfil de Contato da empresa, que possuírem o parâmetro "eSocial" habilitado.
Reprocessar e Enviar por SFTP": O arquivo será reprocessado e armazenado no SFTP do SOC. Para saber como acessar o diretório do SOC, consulte o manual Forma de envio dos arquivos XML.
Reprocessar e Enviar por E-mail / SFTP": Realizará as duas ações descritas nas opções acima.
Observações: 
1. Será possível realizar o reprocessamento em massa dos registros, clicando em
 - "Ação em Lote"
2. Só poderão ser reprocessados registros que estiverem com o status Erro, Concluído, Cancelado e Reprocessado.

O status do Registro do Lote será alterado para "Reprocessar".

Cancelar Registro: Essa ação poderá ser realizada quando o registro retornar com erro e o usuário não quiser mais trabalhar com esse registro, não havendo a necessidade da exclusão do mesmo.

O status do registro mudará para "Cancelado".

IMPORTANTE: Para realizar a "Assinatura em Lote" ou "Assinatura Digital em Massa", é necessário possuir acessos liberados a SOCGED, Tipo de SOCGED e aos tipos de SOCGED referentes aos layouts do eSocial. Caso o usuário não possua acesso, o sistema exibirá um aviso.



Observações Importantes:

1. Não será possível realizar a exclusão de um registro (Licença Médica, ASO, CAT) se o mesmo estiver vinculado a um lote no Porta eSocial.
2. A Assinatura Digital de arquivos do eSocial, só poderá ser realizada através do Portal eSocial, conforme exemplificado nos itens acima.
3. Não será possível realizar a assinatura de um "Lote Futuro" (um lote que foi desmembrado e que possua apenas o bloco "Fim de Afastamento"). Apenas será possível realizar a assinatura de lotes com a data igual ou menor que a data atual.

4. Os lotes gerados por periodicidade serão gerados às 22:00hrs da data agendada para emissão do arquivo.
5. Para utilizar a assinatura digital são necessários os seguintes requisitos:
- Possuir um e-CNPJ registrado em um site de Certificados Digitais.
Exemplo: Serasa Experian, Certising, Valid, entre outros.
- Instalar o Certificado em seu computador (leitor e cartão).
6. Regras para realizar a assinatura dos lotes:
- O e-CNPJ cadastrado deve ser o mesmo registrado para questões legais (governo).
- Caso a empresa possua Unidades com CNPJ's próprios será necessária a realização da Procuração Eletrônica para cada Unidade, para que dessa forma a Empresa possa assinar os registros por todas elas, necessitando assim de apenas 1 e-CNPJ.
- Caso outra empresa venha realizar a assinatura dos registros de sua empresa (por exemplo, um prestador de serviços), será necessária uma Procuração Eletrônica, que pode ser emitida através do site da Receita Federal (https://cav.receita.fazenda.gov.br/autenticacao/login). 



Exclusão de registros de acordo com o status (Pendente, Reprocessar, Erro e Concluído)

1. Quando o status do "Registro do Lote" for 'Pendente', o ícone de  - "Excluir" localizado na coluna "Ações", realizará a exclusão do Registro na tela do Portal eSocial e no SOCGED. Ou seja, como não foram enviados ao governo, não há a necessidade da geração do Layout S-3000 Exclusão de Eventos.



2. Quando o status do "Registro do Lote" for 'Concluído', o ícone de   - "Gerar S-3000" localizado na coluna "Ações", irá gerar um novo arquivo referente a essa informação, o Layout S-3000 Exclusão de Eventos, além de realizar a inativação no SOC irá criar um novo xml de "Exclusão" no SOCGED.

O status do registro mudará para "Excluído" e ficará aguardando assinatura para que a mensageria possa enviar o novo arquivo (xml) referente à exclusão ao governo, a fim de que o registro seja excluído também no ambiente do eSocial.

Observação: Ao realizar a exclusão de um "Registro de Lote" que possua vínculo com um lote futuro, os 2 registros serão excluídos. Agora, ao realizar a exclusão de um "Lote Futuro", o registro do lote atual não será excluído.

Clique em "Exibi"r para visualizar as informações do lote excluído.


Após isso, se necessário, também será possível reprocessar este registro utilizando a ação  - "Reprocessar S-3000".

Observação: Esta ação ficará disponível quando o registro S-3000 estiver com o status "Excluído", "Concluído" (cinza) ou "Erro".

Quando a mensageria retornar a resposta do eSocial, referente à exclusão do registro, e este for validado pelo governo, o status do registro do lote será alterado para "Concluído", na cor cinza.

 

IMPORTANTE!
Todos os dias, o SOC irá realizar uma verificação e EXCLUIRÁ do sistema:
- Registros de lotes do Portal eSocial que possuírem mais de 60 dias de geração e estejam com o status "Pendente";
- Lotes do Portal eSocial que não possuírem registros;
- Lotes e/ou registros de lote que não possuírem SOCGED vinculado.